CLÍNICA MÉDICA DE IMPLANTOLOGIA

Qual a influência da tecnologia CAD-CAM numa prótese dentária?

1 Setembro, 2020

A CMI dispõe de uma tecnologia capaz de  ajudar na sua reabilitação oral. Conheça a CAD-CAM que usamos e entenda as vantagens desta tecnologia numa prótese dentária.

Já alguma vez ouviu falar da tecnologia CAD-CAM? Provavelmente não, já que ela só é falada por especialistas de medicina dentária. CAD-CAM é uma abreviatura dos termos “Computer-Aided Design” e “Computer-Assisted Manufacturing”. Esta tecnologia explica-se como beneficiária à medicina dentária na medida que vai aprimorar a criação de restaurações dentárias e o seu desenho, como é o caso de inlays, onlays, coroas, facetas e outros tipos de restaurações.

A tecnologia CAD-CAM já existe desde a década de 70 mas tem sofrido várias reinvenções ao longo dos anos, de modo a optimizar as próteses dentárias. Ela tem três componentes principais que se dividem pela unidade de consulta (o scanner), depois a informação é enviada para um software de desenho (conhecido como CAD) e termina com uma fresagem ou impressão 3D do molde (CAM). Esta impressão digitalizada faz com que se consiga criar uma restauração / prótese dentária na boca do paciente.

  • IMPRESSÃO DIGITAL – Scanner

    impressão digital 3d

    A impressão digital permite a recolha de dados da boca do paciente, bem como o processamento desses dados pelo software. Existem dois tipos de “scanneamento”: o intraoral (diretamente da boca do paciente) ou o extraoral (realizado em laboratório). O scanner pode ser efetuado em dois diferentes momentos – antes da preparação dentária (pré operatório)  e após o tratamento (pós operatório).
    Outro aspeto vantajoso da técnica de mpressão digital está relacionado com os modelos em 3D. Este processo facilita e muito o envio para o laboratórioe a a sau transferência para a construção da futura restauração  no caso de CAD-CAM in-off

 

  • CAD – Desenho, planeamento e articulação

    O CAD (Computer-Aided Design) trata-se da etapa responsável pelo processamento de dados adquiridos e recebidos do software do scanner. A partir desse registo, as imagens são transformadas em formas geométricas  para a criação de designs de restaurações. É assim possível, a partir do CAD, construir, moldar, dimensionar e adaptar os desenhos às necessidades do paciente.

  • CAM – Fresagem ou manufatura aditiva


    A última fase de todo este processp está encarregada à CAM (Computer-Assisted Manufacturing), ou seja, a manufatura. O CAM desenvolve a restauração física. finaliza-a e deixa-a polida, tudo depois de criada a forma virutal no software de CAD. A restauração da prótese dentária pode ser realizada de duas formas: a mais conhecida é a técnica de fresagem. A outra, mais recente, trata-se da manufatura impressão 3D. Na primeira técnica, há um maior domínio e controlo do médico dentário especialista (como é o caso do Dr. João) – será ele próprio a fabricar a restauração 3D. Na manufatura aditiva, ou também conhecida como impressão 3D, é uma tecnologia importante na medida que ela ocorre na união do material em pó ou líquido para se depositar camada a camada. No final da impressão é desenvolvido um polimento, limpeza e esterilização para que o formato da restauração fique à medida do paciente.

 

Estas restaurações criadas em laboratório são resultado do desenvolvimento desta tecnologia, agora com oportunidade de se propagar para outras áreas da medicina dentária, como é o caso da implantologia ou ortodontia.

A utilização da CAD-CAM não se limita a qualquer pessoa. Tem de ser um médico dentista com um conhecimento vasto na matéria das tecnologias dentárias, a par das últimas utilizações e com a experiência que tanto prezamos nos nossos consultórios. Na CMI desenvolvemos vários trabalhos de titânio para coroas e pontes metalo-cerâmicas.

Mas, qual a influência desta tecnologia numa prótese dentária?

As coroas, inlays, onlays implantes e outros tipos de restaurações são questões que preocupam os pacientes menos informados, já que desconhecem muitas vezes a manutenção e a preservação de uma boa saúde oral. A tecnologia CAD-CAM veio dar vários níveis de componentes, como é o caso do scanner, o software CAD e a manufatura CAM), que em muito ajuda os médicos dentistas como os pacientes. Aspetos como o design, o fabrico da restauração e os materiais utilizados vão sempre influenciar a criação de uma boa prótese dentária, com a durabilidade e estabilidade desejadas.

A utilização do CAD-CAM não pode ser pensada numa produção a larga escala. Cada caso é um caso e cada um necessita do seu tempo, tudo para que o resultado seja perfeito. Só assim conseguiremos a prótese dentária ideal! Este é o método de transição mais revolucionário dos últimos anos na medicina dentária – parte do método convencional para um fluxo de trabalho inteiramente digital.

 

A tecnologia CAD-CAM utilizada pela CMI é revolucionária no mercado dentário. Ela permite-nos abordar os trabalhos em resultados finais muito compensadores, com otimizações dos próprios tratamentos, para os nossos pacientes. Confie no nosso trabalho.